Os segredos da cor azulada do jenipapo

 em Clube Gourmet, Receitas, Receitas que inspiram

Eu particularmente não conhecia muito do jenipapo, além do famoso licor. Recentemente o fruto me chamou atenção, pois, conheci um pão azul feito dele. Curiosa que sou, experimentei e adorei! Artesanal, em nada ele lembra o gosto do jenipapo e além de lindo fica muito bom. Como gosto de ir a fundo no que me interessa li várias coisas sobre o fato dele permitir a cor azul em determinados alimentos, apesar de originalmente ser verde e uma das explicações que encontrei e achei mais relevante é que na verdade é uma reação. Por conter genipina, que reage com proteínas e aminoácidos livres, na presença de oxigênio, dá origem a um pigmento de cor azul. Confira abaixo como conseguir esse intrigante feito.

• Leite
É a partir do leite que se consegue a cor azul no pão, então segue a receita:
INGREDIENTES
¼ da fruta de um jenipapo ainda verde
1 xícara de leite
MODO DE PREPARO
Tire a pele do jenipapo e bata no liquidificador com as sementes. Triture muito bem e coe. Leve ao fogo pra ferver até atingir a cor azul.

14_blog_foto03-808303

• Pão Azul
INGREDIENTES
250g de fermento levain
300 ml
50 ml leite azul
½ colher sopa de sal
500g trigo
MODO DE FAZER
Misture a água ao leite e dilua o levain. Junte a farinha e vá colocando água morna se necessário para ficar homogênea e um pouco pegajosa. Descanse em uma vasilha coberta por 30 minutos. Modele e deixe numa cesta enfarinhada coberto com plástico e deixe crescer por 2 horas.Coloque dentro de uma panela de barro ou ferro , tampe e asse em forno a 250 graus por 20 minutos , destampe , abaixe para 230 graus e asse mais 30 minutos. Desenforme e está pronto!

14_blog_foto02-808302

Cristina Pisoni
Apaixonada por comida e sempre disposta a contar e ouvir boas histórias. Autora deste blog e, atualmente, coordenadora do Caderno Gourmet do Jornal Todo Dia, busco conectar as pessoas através das refeições, afinal, quem não tem uma memória que remete à mesa?
Posts recentes

Deixe um comentário